• Fernanda Teixeira

Alguma coisa está fora da ordem

Atualizado: Out 15

“Alguma coisa está fora da ordem, fora da nova ordem mundial”, já previa a canção de Caetano Veloso em 1991. A ordem das pessoas no mundo atual trouxe para uma parte da humanidade depressão, escravidão, mais casos de suicídio, insatisfação e um crescente isolamento dos jovens em redes artificiais de relacionamento.

O mundo parou ou foi parado?

Numa compreensão sistêmica, eventualidades inesperadas rompem o cotidiano e trazem consigo um novo pensamento para a vida. Sem esse momento inesperado, não seria possível tal aprendizado. Um planeta inteiro parou e nossa circulação foi proibida devido a um vírus que só anda por meio das pessoas; sem as pessoas, ele não circula.

Será que, se sairmos mais limpos de nossa poluição mental de ódio, de nossa crueldade consigo e com os demais, e com o coração aberto como o de uma criança a todas as pessoas, sem restrição de nacionalidade, o vírus desistirá de nos acompanhar?

Cuidando de nossa vida verdadeiramente, utilizando álcool em gel em nossos medos mentais destruidores da felicidade, sabão em nossas mãos perseguidoras de perfeição, ele deixará de nos acompanhar?

Nesses dias de quarentena na cidade do Rio de Janeiro, no Brasil, tive sonhos profundos por dias, passei a cuidar de projetos engavetados, atendendo on-line, rompendo fronteiras, e sigo cantando…”Alguma coisa está fora da ordem, fuera da nueva orden mundial”.

Crônica autoral publicada originalmente no Jornal Vida Brasil Texas.

2 visualizações
 

Tijuca, Rio de Janeiro - RJ | Brasil

  • Instagram
  • Facebook
  • YouTube

©2020 por Cuide-se Bem Consultório de Psicologia.

Criado por Giselle Oliveira.