dra-fernanda-teixeira_edited.jpg

Constelações Familiares

A Constelação Familiar desbloqueia de forma definitiva, breve e profunda transformando o que era difícil, pesado e triste em harmonia, bem – estar e liberdade.

 

Sobre as constelações

Uma Constelação Familiar é uma maneira de tratar os efeitos negativos dos acontecimentos desorganizados da história de uma família. Não é uma forma de psicoterapia.

Leia artigos sobre o assunto

Vivemos repetições inconscientes, olhamos para a vida, muitas vezes, pelos olhos de nossos pais, avós e podemos, dessa maneira, repetir doenças e destinos difíceis. O mais incrível, porém, é que quando recebemos com consciência as heranças familiares, podemos deixar no passado o que não nos pertence e seguirmos livres, construindo nossa própria história. Bert Hellinger, o criador das Constelações Familiares, nos apresentou essa possibilidade de avançarmos livres e plenos em muitas áreas da vida, com criatividade e saúde, ao despertar esse olhar de gratidão e respeito aos que vieram antes de nós.

“Como podemos ter nosso próprio sucesso de maneira correta? Quando por meio de nosso sucesso os outros são beneficiados em suas vidas. Esses sucessos fazem a nós e aos outros felizes.” (HELLINGER, Bert 2019)

 
1-Bert-Hellinger-Foto-Divulgacao-1_edited.jpg

História da Constelação
Familiar de Bert Hellinger:

Bert Hellinger nasceu em 16 de janeiro em 1925 na Alemanha, em uma pequena cidade operária chamada Leimen. Em 1933, Hitler chegou ao poder. Hellinger, católico e seminarista por vocação, acabou sendo convocado como soldado na Segunda Guerra, foi preso e escapou. Tornou-se padre e seu grande diferencial, talvez, tenha sido marcado pelo sacerdócio e pela convivência, por 16 anos, com os zulus, a maior etnia africana dos bantus, nos seus 20 anos como missionário.

Cada vez mais próximo da psicoterapia, estudou pedagogia, psicologia, literatura e teologia, conheceu a Gestalt Terapia de Fritz Perls, e daí ganhou força para seguir sua capacitação terapêutica e saiu do sacerdócio. Conheceu a psicanálise, tornou-se psicanalista, e agregou o conhecimento adquirido com esta prática mais à frente, na formação da Constelação Familiar. Buscou mais recursos e conhecimentos na Análise Transacional de Eric Berne, na hipnose de Milton Erickson e adotou conceitos simples, como explica em sua autobiografia Meu trabalho, minha vida: 

“Por isso, na Constelação Familiar não há termos técnicos incompreensíveis; qualquer pessoa pode entender de imediato e com facilidade. Assim, por exemplo, não falo de identificações, mas de sentimentos assumidos”. (HELLINGER, p. 121)


No início, Hellinger achava que a Constelação Familiar fosse exclusivamente uma ferramenta a mais para psicoterapeutas, depois reconheceu que se tratava de uma NOVA Constelação Familiar, não apenas um método terapêutico e sim uma ajuda para a vida. Por exemplo, por meio da Constelação, pode-se descobrir as razões para um adoecimento, ou o que impede alguém de obter um sucesso duradouro. Ele constatou que, assim, elevava o nível de percepção das pessoas.

 

" Com liberdade emocional e confiantes cresce nossa segurança interior e, logo nossa saúde como um todo, as doenças podem praticamente sumir, o crescimento tão esperado pode surgir e a felicidade permanecer. "

 

O que queremos com uma Constelação Familiar?

  • Liberdade emocional;

  • Confiança na vida;

  • Positivos e ativos;

  • Saúde plena.

 

Participante na Constelação Familiar

Nas Constelações, os representantes são primordiais. Quando você se disponibiliza para representar alguém do sistema familiar de outra pessoa, o seu sistema familiar e você também são extremamente beneficiados. A experiência de um representante no Workshop de Constelação Familiar favorece que velhos temas possam sair da superfície e ganhar uma nova atenção.


E por que precisamos de representantes? Necessitamos ver para crer! A oportunidade de se ver de outro ângulo traz uma surpresa e ganho de autoconhecimento, pois essas pessoas representam emoções, situações ou membros do nosso sistema familiar, uma mãe, pai, filho ou irmão, por exemplo.


Os participantes que não tiverem a oportunidade de ser representantes também voltam para sua casa transformados.

 

Constelação Familiar Individual com bonecos

O primeiro passo é discutir com seu terapeuta ou psicólogo que lhe acompanha qual seria o tema indicado no momento a constelar. Ao fazer uma constelação Familiar abrem -se novos rumos na vida. É importante alertar que não é um elixir, um truque de magia e nem significa que todos os problemas foram solucionados para sempre.

Constelar é como se um veleiro modificasse o seu curso original em aproximadamente um grau podendo chegar a outro lugar completamente diferente daquele projetado inicialmente. Assim também a constelação pode produzir uma grande mudança com uma pequena “correção de curso”. Esta modificação situa-se na atitude interna da pessoa com a sua própria vida.


As Constelações são um passo para o desenvolvimento continuo da vida, não representa uma psicoterapia mais rápida e nem a substitui. Ao constelar temos a oportunidade de olhar a vida com outros olhos, os olhos de dentro. 


A Constelação é realizada com bonecos (playmobil) próprios para este fim ou papéis. Os bonecos são os representantes do sistema familiar, ou podem representar sintomas, situações ou emoções. Segundo Hellinger os representantes ¨materializam¨ as histórias inconscientes formando um campo que contém as informações das experiências vividas de todos as multigerações como uma espécie de holograma do inconsciente familiar. Assim o cliente tem a possibilidade de observar de fora seus movimentos inconscientes e conscientes tanto nas relações familiares bem como nas outras relações.

 

Constelação Familiar
Em Grupo

Pode-se “constelar” em workshops (em grupo) onde pessoas “representam” familiares , temas ou situações; ou no atendimento individual com uso de bonecos ou papéis através do método do Movimento do espirito de Vera Bassoi tão profundo quanto com as pessoas, a única diferença é a privacidade.

Para constelar basta o cliente trazer um tema. Não é necessário explicar e se expor ao grupo.

No Workshop de Constelação Familiar em grupo, uma pessoa do grupo, desconhecida ao cliente é convocada a representar um membro da família.


Este representante passa a se sentir exatamente como o cliente está, por vezes reproduzindo, de forma exata, sintomas físicos da pessoa a qual representa, mesmo sem saber nada a respeito dos personagens do sistema familiar do outro. Assim forma-se diante do cliente uma escultura viva de seu sistema familiar. 


Nas Novas Constelações Familiares aprendemos que reverenciar tudo como foi e como é nos torna mais livres e libertos para viver a vida com alegria e entusiasmo. Uma vez que tenhamos tomado, incluído e agradecido aos pais e ancestrais, por tudo de bom e mal como foi entro no estado adulto e posso tomar decisões de forma independente e não mais infantil.

 
IMG_20191214_123332623_edited.jpg

Minha história

Completei minha 1ª formação em Constelação Familiar em 2009, com Celma Villa Verde – era o final da 1ª turma da Celma de Constelação Familiar. Completei na 2ª turma a Formação Básica em Constelações Familiares, com muitos aprendizados e amizades importantes! Estudei com Mimansa Erika Farny. E, ainda, o Movimento do Espírito com bonecos, técnica criada por Vera Bassoi, em São Paulo. 

Em 2015, participei do Treinamento com Bert e Sofie Hellinger e a vida começou a mudar radicalmente! Naquele momento, Hellinger já havia mudado a Constelação Familiar para as Novas Constelações Familiares.


Dali em diante, a vida financeira, a vida espiritual, a vida familiar, tudo começou a melhorar muito. Iniciei a Formação Avançada nas Novas Constelações Familiares e recebi o título do INCONSFA – Instituto de Constelaciones Familiares Brigitte Champetier de Ribes (Madrid) – de Expert nas Novas Constelações Familiares e um grande entendimento tornou-se presente, um movimento contínuo de crescimento se estabeleceu e reverbera em todos os clientes. A cada vez que avanço, todos avançam também.


Bert Hellinger, até perto de aposentar, deixava a Constelação Familiar crescer, sem limites, formatos, percebia o movimento e o acolhia, assim permitia que a Constelação Familiar crescesse mais em profundidade e alcance.

 

Nada fica no passado, tudo atua através de repetições.

O que as ciências humanas e biológicas vêm descobrindo é que algumas memórias são repassadas geração após geração, criando padrões repetitivos. Recebemos da ancestralidade uma herança consanguínea, que já sabemos que é transmitida pelo DNA. E nessa transmissão molecular recebemos uma herança também espiritual e afetiva, modulando o nosso comportamento 


Algumas dessas repetições tornam-se vínculos de fidelidade inconscientes, que não sabemos quais são, mas aos quais seremos fiéis. Podemos ter fidelidade a uma tristeza, por exemplo: “Fico triste como você e não me permito ser feliz”. Ao fazer uma Constelação Familiar, você pode descobrir quem está imitando inconscientemente e deixar essa tristeza.  Pode acontecer com o amor também: “Como você, não amarei e não confiarei em ninguém”. Ao realizar sua Constelação Familiar, esses padrões repetitivos tornam-se visíveis e podem ser honrados e superados. 

 

“Fernanda me propôs um exercício onde eu me posicionava em cima de papéis colocados no chão que representavam os meus antepassados, me coloquei no lugar da minha mãe, depois da minha avó, e pude sentir literalmente sensações que jamais pude imaginar, o peso da vida DELAS, o estado emocional DELAS, o cheiro DELAS, a percepção e até mesmo a responsabilidade de estar no lugar de alguém da minha família. Pude entender a possível origem da doença da minha mãe, o que faltou pra ela, o que foi pesado pra ela. O exercício vai te conduzindo e você vai se sentindo no lugar das pessoas captando as sensações.


Isso já dá um choque emocional enorme, pois você começa a perceber conscientemente a situação em que você se encontra naquele momento, por emoções que você acabou de sentir! É fantástico!!! Mas não para por aí, o resultado disso é inconsciente. ”

Eduardo, 38 anos, depoimento sobre sua Constelação Familiar.

 
IMG_0286.jpg
Fernanda Teixeira Cuide-se Bem_60.jpg
IMG_0344.jpg
IMG_0298.jpg
 

Solicite aqui a sua consulta:

Indique os serviços de interesse e em breve entrarei em contato.

Indique seu interesse:
 

Tijuca, Rio de Janeiro - RJ | Brasil

  • Instagram
  • Facebook
  • YouTube

©2020 por Cuide-se Bem Consultório de Psicologia.

Criado por Giselle Oliveira.

IMG_0344.jpg